domingo, 12 de março de 2017

I Ching

http://super.abril.com.br/comportamento/i-ching-o-livro-das-mutacoes/

domingo, 11 de dezembro de 2016

A Mudança é Essencial

Esta palestra da Monja Coen é muito interessante pois trata de um assunto delicado hoje em dia, com tantas opções disponíveis saber escolher o que é melhor para si mesmo.



domingo, 27 de novembro de 2016

A Guerra da Arte - Steven Prestfield

Segue o link deste livro incrível que irá te ajudar a superar a resistência que te separa da realização em sua vida.

https://drive.google.com/open?id=0B-ik1beiqvVIbGJrRGliTjhNZWZDYWQ1eXBjUTg2cDBocVhr

Lama Michel Rinpoche - Conhecimento Budismo

Vídeo muito esclarecedor de Lama Michel falando sobre conhecimento e a visão budista sobre o mundo.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

União, amor e tolerância

Tive um sonho acolhido em um templo, na encosta da montanha, junto aos meus camaradas, damas e cavalheiros, preparando-se para receber um convidado muito importante, com cantos e alimentos especiais, cantando litanias com gestos ensaiados para expressar a importância do convidado, para expressar nossa devoção e alegria com a sua chegada.

A litania ensaiada, estava errada e o convidado após o erro percebido por todos, ensinou com plena tolerância o modo correto, em japonês como tentávamos fazer.

Talvez nas épocas anteriores teria sido muito natural, mas como brasileiros com suas memórias lavadas pelas águas do letes poderiam lembrar de tudo?

Tolerância e amor, tolerância irmãos, o que ensina tampouco sabe, ele apenas intui e coloca sua coragem à frente com a sua melhor boa vontade, apenas confiando que essa será a ação limpa.

Festa! Estamos juntos queridos, trabalhamos sim, com amor sim, com companheirismo sim, com devoção sim, esforçando-se por lembrar, de quando tudo era natural.

Venha coma junto também, venha veja como se corta o peixe, venha, venha aprender irmão.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

As polaridades da mente

Hoje estamos em um momento em que nossa atividade profissional e nossas reflexões espirituais estão totalmente contrárias em termos vibratórias uma da outra, vou dar um exemplo pessoal para que fique mais claro.

Normalmente eu escuto áudio livros de obras clássicas de grandes sábios da humanidade que fazem com que o meu pensamento se elevar porém logo começam as ligações telefônicas e as mensagens e o trabalho chamando faz com que aumente sair daquele estado para estado muito mais baixo e egoísta causando angústia.

E é bastante difícil contrabalançar estas duas partes nos formam mas a chave é que a parte espiritual contenha parte pessoal mas a parte pessoal não contém a parte espiritual então o verdadeiro esforço de treinamento seria conseguir fazer as atividades profissionais sem perder esse referencial espiritual o que é bastante difícil visto que os problemas tendem A fazer com que esqueçamos do nosso é o real que o nosso eu elevado e sereno.

Infelizmente não existe receita de bolo para fazer isso pois isso é conquistado pouco a pouco a base de muito esforço e não é fácil mas vale a pena assim como nós caímos diversas vezes até aprender a caminhar também devemos cair várias vezes até aprender a real natureza de nossa mente de nosso espírito


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Mudando a polaridade da consciência do eu para o Todo

É evidente que a causa do sofrimento humano vem do apego excessivo ao eu, nos vemos separados do resto do mundo e das pessoas e focando neste eu começamos a identificar todos os problemas e possíveis problemas próprios.

Existe uma máxima dos cavaleiros templários que diz: "Quando lembro de mim esqueço do mestre, quando lembro do mestre esqueço de mim."

Este mestre pode ser muitas coisas como por exemplo nossa verdadeira essência que provêm de Deus e que participa da vida Una com todos os demais.

Pode representar nossa porção mais elevada e altruísta.

Pode representar a figura de nosso Mestre ou tutor.

Enfim, não importa muito na figura de que ou quem colocamos o mestre, o que realmente importa é que o foco da consciência já não está mais em nossos desejos e apegos pessoais, mas sim em algo que participa do Todo, do Uno.

E dai provem a verdadeira felicidade do Ser.

Na generosidade de doar a si mesmo ao Todo, nos sentimos úteis e encontramos nosso lugar no mundo. Então já não precisamos correr freneticamente atrás de algo que falta na vida do eu, mas que não podemos descobrir o que seja enquanto pensarmos apenas no eu, ignorando o Todo, o Uno, o Mestre ou Deus, use o nome que preferir.

domingo, 8 de maio de 2016

Feliz Dia das Mães!

A menina quando se torna mãe sofre uma transmutação e desabrocha nela a flor da generosidade, sua vida muda e o foco dela já não é mais o eu, mas o nós.

Com isso ela se aproxima mais do místério que fala sobre a união, a consciência ganha amplitude e alcance maiores e agora ela já é capaz de colocar seus próprios interesses em segundo plano em detrimento dos interesses do seus filhos.

O amor nela cresce e sua alma brilha com um brilho diferente, que se expande.

A generosidade é sempre um ato de AMOR e aí está contido este mistério, digo mistério porque não é racional, assim como as coisas que mais tem valor neste mundo não são racionais, são misteriosas, inexplicáveis.

Esse mistério só se concretiza no filho quando ele mesmo se torna mãe ou pai por si próprio, e é ai que entende o tamanho do amor recebido por toda vida de sua mãe.

Este ciclo nunca cessa e um dia a humanidade chegará ao ponto em que sua consciência conseguirá entender que este amor de mãe, de família, pode ser estendido a todos e por todos.

Neste dia todos serão mães, pais, filhos e claro irmãos.

Feliz dia das mães Marta Rissinger, eu te amo!

Samuel Oss

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Culpa vs Liberdade

Tantos compromissos assumidos e quando não conseguimos cumprir algum deles já sentimos culpa, nosso pensamento se perde no que deixamos de fazer, onde falhamos, no que as pessoas vão pensar a respeito.

Hoje se fala em liberdade como uma forma de isentarmo-nos de assumir compromissos, uma forma de libertinagem egoísta, onde o que vale é fazer só que nos da vontade.

Levamos uma vida por hora sentindo-nos culpados por não conseguir fazer o que nos propomos e por hora desistindo de tudo e todos e tentando viver separados do mundo.

Será que não seria melhor assumirmos nossas próprias limitações, tentando assumir nosso compromisso com o mundo constantemente e ao mesmo tempo não nos culpando quando falhamos.

Somos humanos, queremos ajudar, estar presentes, assumir nossa missão no mundo. O que larga tudo está errado, o que quer fazer tudo perfeito também está errado.

É como dizer que ou você é crente ou é ateu, mas não é assim, nos tentamos, falhamos e tentamos novamente, não há porque sentirmos culpados por falhar, antes sim deveríamos nos sentir culpados por não tentar.

Temos que aprender a esquecer o peso de falhar, e assumir a leveza de sempre tentar com o melhor de nós mesmos.

Que eu não consegui desta vez? ok, na próxima eu tento novamente, por que tudo é hábito, a cada falha nossa consciência cresce, desde que nosso foco esteja em perceber nossa própria humanidade, ao invés de ficar no peso da culpa por ter falhado e não ter conseguido ser perfeito.

Amigo, aceite, você não é perfeito, e nem eu.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Deus Existe?

Tire a dúvida se Deus Existe aqui.
https://www.facebook.com/tucafernandes/videos/849488401765749/

Tags

Filosofia Esoterismo Carlos Castaneda Buda História Ocultismo Toltecas Artes Marciais Ciência Política Don Juan de Matus Religião Budismo Consciência Educação Física Quântica Inteligência Jedi Mestres de Sabedoria Mistério Star Wars Zen Budismo A erva do diabo Albert Einstein Artes Culpa Deus Emoções Energia Gregos Hinduísmo Intuição Jesus Liberdade Maya Medos Natureza Platão Psicologia Renascença Renascimento Sith Tempo Teorias de Conspiração Universo Vibrações Virtudes Vontade enfrentar os medos iChing medo Alcorão Amit Goswami Amizade Apolônio de Tiana Asceta Astrologia Baghavad Gita Bardo Thodol Bem Bom Budhi Bíblia Carlos Castaneda expansão da consciência Carma Cortesia Cosmos Criança Cristianismo Céu Darth Vader Desinformação Deuses Dhamaphada Discípulo Diálogo Ecologia Escola de mistérios Esparta Espreita Espírito Fadas Faraó Fogo Física da Alma Guerreiro HPB Helena Petrovna Blavatsky Hierofantes Humor Idealismo Inferno Krishna Linhas de Força Livros Logos Magia Maomé Matrix Mecânica Quântica Michel Echenique Isasa Mitos Moral Morte Música O fogo interior Orfeu Ovo de Luz Pacto Pirâmides Poluição Problemas Profecia Psicossomatica Reis Romanos Sabedoria Saltimbancos Samurai Saúde Sebos Sentimentos Ser magoado Skywalker Sol Sábios Sócrates Terra Tradição Triângulo Ventos Astrais Violência a voz do silêncio aceitação afrodite ansiedade apolo ares arthemis arthemisa atena athena coragem destino deuses gregos dionísio doutrina secreta espartanos feliz dia das mães ficar magoado ideais idéias krishnamurti lu andarilho lu conduta marte mágoas o poder do silêncio o presente da águia objetivos os 300 os 300 de esparta polaridade consciência portões de fogo provérbio raiva reencarnação silêncio stress teoria quântica termópilas