terça-feira, 9 de junho de 2015

Ser Feliz. Uma Questão de não Fazer Nenhuma Questão

Esta história roda a internet em vários estilos e traduções diferentes, mas está relatada nos arquivos de seminários da Universidade de Fresno na Califórnia.
Aconteceu em um seminário para casais.
Durante o mesmo, um dos palestrantes perguntou a uma das esposas:
"Seu marido lhe faz feliz?
Ele lhe faz feliz de verdade?"
Neste momento, o marido levantou seu pescoço, demonstrando total segurança. Ele sabia que a sua esposa diria que sim, pois ela jamais havia reclamado de algo durante o casamento.
Todavia, sua esposa respondeu a pergunta com um sonoro "NÃO", daqueles bem redondos!
"Não, o meu marido não me faz feliz"!
O marido ficou desconcertado, mas ela continuou:
"Meu marido nunca me fez feliz e não me faz feliz! Eu sou feliz".
"O fato de eu ser feliz ou não, não depende dele; e sim de mim. Eu sou a única pessoa da qual depende a minha felicidade.
Eu determino que serei feliz em cada situação e em cada momento da minha vida, pois se a minha felicidade dependesse de alguma pessoa, coisa ou circunstância sobre a face da Terra, eu estaria com sérios problemas.
Tudo o que existe nesta vida muda constantemente: o ser humano, as riquezas, o meu corpo, o clima, o meu chefe, os prazeres, os amigos, minha saúde física e mental. E assim eu poderia citar uma lista interminável.
Eu preciso decidir ser feliz independente de tudo o que existe! Se tenho hoje minha casa vazia ou cheia: sou feliz! Se vou sair acompanhada ou sozinha: sou feliz! Se meu emprego é bem remunerado ou não, eu sou feliz!
Hoje sou casada mas eu já era feliz quando estava solteira.
Eu sou feliz por mim mesma. As demais coisas, pessoas, momentos ou situações eu chamo de "experiências que podem ou não me proporcionar momentos de alegria ou tristeza".
Quando alguém que eu amo morre, eu sou uma pessoa feliz num momento inevitável de tristeza.
Aprendo com as experiências passageiras e vivo as que são eternas como amar, perdoar, ajudar, compreender, aceitar, consolar.
Há pessoas que dizem: hoje não posso ser feliz porque estou doente, porque não tenho dinheiro, porque faz muito calor, porque está muito frio, porque alguém me insultou, porque alguém deixou de me amar, porque eu não soube me dar valor, porque meu marido não é como eu esperava, porque meus filhos não me fazem felizes, porque meus amigos não me fazem felizes, porque meu emprego é medíocre e por aí vai.
Amo a vida que tenho, mas não porque minha vida é mais fácil do que a dos outros. É porque eu decidi ser feliz como indivíduo e me responsabilizo por minha felicidade.
Quando eu tiro essa obrigação do meu marido e de qualquer outra pessoa, deixo-os livres do peso de me carregar em seus ombros. A vida de todos fica muito mais leve.
E é dessa forma que consegui um casamento bem sucedido ao longo de tantos anos."
Nunca deixe nas mãos de ninguém uma responsabilidade tão grande quanto a de assumir e promover sua felicidade!
SEJA FELIZ, mesmo que faça calor, mesmo que esteja doente, mesmo que não tenha dinheiro, mesmo que alguém tenha lhe machucado, mesmo que alguém não lhe ame ou não lhe dê o devido valor.
E isso vale para mulheres e homens de qualquer idade.

Tags

Filosofia Esoterismo Carlos Castaneda Buda História Ocultismo Toltecas Artes Marciais Ciência Política Don Juan de Matus Religião Budismo Consciência Educação Física Quântica Inteligência Jedi Mestres de Sabedoria Mistério Star Wars Zen Budismo A erva do diabo Albert Einstein Artes Culpa Deus Emoções Energia Gregos Hinduísmo Intuição Jesus Liberdade Maya Medos Natureza Platão Psicologia Renascença Renascimento Sith Tempo Teorias de Conspiração Universo Vibrações Virtudes Vontade enfrentar os medos iChing medo Alcorão Amit Goswami Amizade Apolônio de Tiana Asceta Astrologia Baghavad Gita Bardo Thodol Bem Bom Budhi Bíblia Carlos Castaneda expansão da consciência Carma Cortesia Cosmos Criança Cristianismo Céu Darth Vader Desinformação Deuses Dhamaphada Discípulo Diálogo Ecologia Escola de mistérios Esparta Espreita Espírito Fadas Faraó Fogo Física da Alma Guerreiro HPB Helena Petrovna Blavatsky Hierofantes Humor Idealismo Inferno Krishna Linhas de Força Livros Logos Magia Maomé Matrix Mecânica Quântica Michel Echenique Isasa Mitos Moral Morte Música O fogo interior Orfeu Ovo de Luz Pacto Pirâmides Poluição Problemas Profecia Psicossomatica Reis Romanos Sabedoria Saltimbancos Samurai Saúde Sebos Sentimentos Ser magoado Skywalker Sol Sábios Sócrates Terra Tradição Triângulo Ventos Astrais Violência a voz do silêncio aceitação afrodite ansiedade apolo ares arthemis arthemisa atena athena coragem destino deuses gregos dionísio doutrina secreta espartanos feliz dia das mães ficar magoado ideais idéias krishnamurti lu andarilho lu conduta marte mágoas o poder do silêncio o presente da águia objetivos os 300 os 300 de esparta polaridade consciência portões de fogo provérbio raiva reencarnação silêncio stress teoria quântica termópilas