quinta-feira, 28 de maio de 2009

As muitas faces do mito

Hoje temos uma visão unilateral da realidade, unicamente racional. Isto foi herança recebida de Aristóteles, Descartes e cia... Estas figuras implantaram um pensamento onde não mais existe a unidade senão apenas as muitas partes que se conjugam.

Com esse pensamento o homem foi perdendo suas origens sagradas e tornando-se uma maquina, o mais engraçado é que mesmo a anos tentando desvendar esta suposta maquina sem sucesso ainda mantemos esta visão cega das coisas.

Por isso usavam-se os mitos antigamente, os mitos nos permitem penetrar em uma determinada verdade de acordo com nossa própria capacidade, pois alguns mitos tem várias chaves de entendimento.

O homem educado de acordo a verdadeira educação tem condições de ler as verdades diretamente da natureza e dos mitos.

Quando falo de homem educado falo da educação como os gregos concebiam, a educação grega era constituida de três estagios. (e ainda assim ja começamos desmembrar a educação em partes, esse é nosso vício da separatividade)

1 - Paidéia - Dedicado ao cultivo das virtudes. Cultivar no indivíduo os valores e a honra, o poder de conhecer a verdade e ter a coragem de expo-la.

2 - Psiquéia - Conhecer a si mesmo (nossas emoções, pensamentos, energias...) e aos outros da mesma forma.

3 - Mistéia - Conhecer os mistérios, por mistérios a raiz da palavra se relaciona com conhecer os deuses, e então após por-se em contato com o sagrado ja não nos tornamos escravos do analismo racional, mais do que isto começamos a ter intuições e experiências mais sutis.


A razão é como um trator que está sempre entravando em obstáculos, enquanto a intuição voa na velocidade da luz!

A!

Tags

Filosofia Esoterismo Carlos Castaneda Buda História Ocultismo Toltecas Artes Marciais Ciência Política Don Juan de Matus Religião Budismo Consciência Educação Física Quântica Inteligência Jedi Mestres de Sabedoria Mistério Star Wars Zen Budismo A erva do diabo Albert Einstein Artes Culpa Deus Emoções Energia Gregos Hinduísmo Intuição Jesus Liberdade Maya Medos Natureza Platão Psicologia Renascença Renascimento Sith Tempo Teorias de Conspiração Universo Vibrações Virtudes Vontade enfrentar os medos iChing medo Alcorão Amit Goswami Amizade Apolônio de Tiana Asceta Astrologia Baghavad Gita Bardo Thodol Bem Bom Budhi Bíblia Carlos Castaneda expansão da consciência Carma Cortesia Cosmos Criança Cristianismo Céu Darth Vader Desinformação Deuses Dhamaphada Discípulo Diálogo Ecologia Escola de mistérios Esparta Espreita Espírito Fadas Faraó Fogo Física da Alma Guerreiro HPB Helena Petrovna Blavatsky Hierofantes Humor Idealismo Inferno Krishna Linhas de Força Livros Logos Magia Maomé Matrix Mecânica Quântica Michel Echenique Isasa Mitos Moral Morte Música O fogo interior Orfeu Ovo de Luz Pacto Pirâmides Poluição Problemas Profecia Psicossomatica Reis Romanos Sabedoria Saltimbancos Samurai Saúde Sebos Sentimentos Ser magoado Skywalker Sol Sábios Sócrates Terra Tradição Triângulo Ventos Astrais Violência a voz do silêncio aceitação afrodite ansiedade apolo ares arthemis arthemisa atena athena coragem destino deuses gregos dionísio doutrina secreta espartanos feliz dia das mães ficar magoado ideais idéias krishnamurti lu andarilho lu conduta marte mágoas o poder do silêncio o presente da águia objetivos os 300 os 300 de esparta polaridade consciência portões de fogo provérbio raiva reencarnação silêncio stress teoria quântica termópilas