quinta-feira, 28 de maio de 2009

As muitas faces do mito

Hoje temos uma visão unilateral da realidade, unicamente racional. Isto foi herança recebida de Aristóteles, Descartes e cia... Estas figuras implantaram um pensamento onde não mais existe a unidade senão apenas as muitas partes que se conjugam.

Com esse pensamento o homem foi perdendo suas origens sagradas e tornando-se uma maquina, o mais engraçado é que mesmo a anos tentando desvendar esta suposta maquina sem sucesso ainda mantemos esta visão cega das coisas.

Por isso usavam-se os mitos antigamente, os mitos nos permitem penetrar em uma determinada verdade de acordo com nossa própria capacidade, pois alguns mitos tem várias chaves de entendimento.

O homem educado de acordo a verdadeira educação tem condições de ler as verdades diretamente da natureza e dos mitos.

Quando falo de homem educado falo da educação como os gregos concebiam, a educação grega era constituida de três estagios. (e ainda assim ja começamos desmembrar a educação em partes, esse é nosso vício da separatividade)

1 - Paidéia - Dedicado ao cultivo das virtudes. Cultivar no indivíduo os valores e a honra, o poder de conhecer a verdade e ter a coragem de expo-la.

2 - Psiquéia - Conhecer a si mesmo (nossas emoções, pensamentos, energias...) e aos outros da mesma forma.

3 - Mistéia - Conhecer os mistérios, por mistérios a raiz da palavra se relaciona com conhecer os deuses, e então após por-se em contato com o sagrado ja não nos tornamos escravos do analismo racional, mais do que isto começamos a ter intuições e experiências mais sutis.


A razão é como um trator que está sempre entravando em obstáculos, enquanto a intuição voa na velocidade da luz!

A!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Preservação da saude e controle do stress

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Cuidado com a desinformação


Sutilmente temos sido desinformados pela mídia que tem influenciado a opinião pública como bem entende.

As pessoas ao serem confrontadas com uma informação que deixa margem para a dúvida tendem a levar sempre para o lado escuro das coisas, sabendo disso a mídia tem se valido desta tatica entre outras para denegrir conceitos e instituições de forma muito sutil.

Por exemplo: Esta é uma ótima instituição que presta serviços úteis, por outro lado algumas pessoas tem falado sobre práticas duvidosas em relação a...

Quem são essas pessoas anônimas? Entendem a sutileza? Não se ataca de forma direta mas sim de uma forma velada colocando a culpa da acusação nas supostas pessoas.

Para quem sofreu este tipo de ataque tanto de instituição ou até mesmo pessoal a forma correta para se defender disto não é tentando se justificar sobre o que "as pessoas" disseram, ao invez disso expor de forma clara e verdadeira o que realmente a instituição faz ou no caso pessoal expor seus próprios valores deixando claro que o que "as pessoas" dizem é responsabilidade delas.

Leve sempre para o lado luminoso das coisas, não dê margem para dúvidas.

A!

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Acredita em fadas?

Bom dia, Fada Zirix


As crianças se encantam com a voz mansa e a serenidade que emana da Fada Zirix. Com seu vestido azul e varinha de condão, ela visita as escolas há quatro anos. O objetivo do personagem é aplicar a experiência da filosofia à Educação Infantil. É um jeito lúdico de atender à necessidade de gerar um elo entre o mundo mágico infantil e o ensino dos valores fundamentais.

IE – É difícil ser fada nos dias de hoje?

Fada Zirix –
Considerando que o ceticismo e a indiferença têm tornado cada vez mais cinza o nosso cotidiano, ser fada não é nada fácil. Ainda mais levando em conta o que está além da aparência em si, valorizando a possibilidade de contato com o mundo ideal. Mundo de sonhos no qual temos a força e a coragem de dar o melhor de nós mesmos.

Quem ainda acredita em fada?

Acho que, no fundo, muitos de nós ainda acreditamos, entendendo que isso representa a fé e a esperança no ser humano, afinal, cercado por um mistério. Poderíamos chamá-lo de um mundo mágico, que se expressa, claro, e de forma muito mais intensa e pura, entre as crianças.

E você acredita em fada?

Eu acredito no amor, na generosidade, na lealdade, que, tal como as fadas, podem ser invisíveis, impalpáveis, mas nem por isso menos reais.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Música para elevar a consciência


Hoje nossas músicas são feitas com base em agradar a maioria, são ritmos que tem como objetivo sensibilizar nossos apetites mais grosseiros, agressividade, sensualidade, enfim tendencias que fazem com que nossas emoções mais baixas se ativem.

Eu sempre fui adepto do rock e suas vertentes mas recentemente descobri todo um novo universo de musicalidade, comecei escutar música clássica, jazz, soul e outros clássicos e pude perceber a diferença de como estas músicas nos fazem sentir.

Estudando como se compunham estas músicas cheguei a descobrir qual a inspiração e qual a intenção destes mestres da música e da poesia sonora. A música clássica era um esforço consciente de formar uma melodia que elevasse nossas emoções até o mais alto sentimento, fazer com que aumentássemos nossa vibração e sutiliza-la.

Ja seguindo no Jazz, Soul etc... Ainda há este objetivo embora não tão consciente, o compositor faz a música e sabe como ela afeta nosso interior embora não saiba os mecanismos como isto acontece.

E no final estas jóias musicais foram se banalizando assim como todas as outras áreas como a política, filosofia, religião, ciência, artes e outras.

Os idealistas são pessoas que percebem isso, querem fazer algo para remontar as raizes e não sabem muito bem como fazer para trazer de volta este mundo clássico.

Deixo aqui uma dica: O estudo da filosofia nos possibilita entender como pensavam estes gênios e sábios e assim podemos copia-los.

A!

terça-feira, 19 de maio de 2009

Ser virtuoso não é ser ingênuo

Nos tempos de hoje onde a esperteza impera sobre a bondade acabamos por pensar que o homem com virtudes é enganado pelos espertinhos.

Nada poderia estar mais longe da verdade, a começar pela raiz da palavra virtude, que vem de virtus, que por sua vez se traduz em forte, ou seja, o homem virtuoso é um homem forte, ou deveria ser?

Ai reside o mal entendido, em nosso mundo atual confundiu-se ser virtuoso e ser humilde com ser bonzinho ou ingênuo e se assemelhar com um mendigo que se coloca abaixo de todos e ao invez de reivindicar ele suplica. Mais um favor prestado pelos nossos queridos cristãos em suas interpretações da Bíblia.

O fato é que um homem virtuoso não pode ser enganado, pois para ser enganado ou manipulado não só o manipulador é o culpado, pois para poder manipular este deve encontrar alguma coisa com que manipular, algo de interesse do manipulado, um oferece e outro aceita. Se a suposta vítima abre mão de ser vítima e tão pouco de ser o predador, ele se coloca em uma posição neutra, fora do ciclo da violência e já não pode ser manipulado.

As virtudes nos proporcionam isto, ver antes, ver de cima. E a partir daí não pode mais ser manipulado. Aquele que tenta manipular pode até pensar que conseguiu seu objetivo com êxito, mas o homem virtuoso já não mais se sente uma vítima pois ele escolhe conscientemente o que faz e o que não faz com vista em seu dever ao invez de desejos pessoais ou superficiais.

A má notícia é que o único jeito de entender isto e vários outros ensinamentos é a partir da prática, experimentando em si mesmo o efeito das virtudes e dos mistérios.

Palavras apenas nos indicam o caminho a percorrer, intelectualismo é mera sombra perto da verdade colocada em prática.

Como disse H.P.B. - Honra as verdades com a prática.

A!

sábado, 16 de maio de 2009

Coisas simples nos revelam grandes segredos

Estava a observar o fogo na lareira quando percebi algo maior. Sempre que começamos algum novo empreendimento idealista somos tomados de súbito ânimo inicial assim como pedaço de lenha grossa que colocamos no fogo.

A lenha começa queimar sua casca rapidamente levantando labaredas de fogo para logo depois diminuir sua intensidade. Neste momento é preciso gravetos menores que sustentem o fogo até que o interior da madeira comece queimar com constância e potência.

A analogia que percebi é que somos levados muitas vezes a atuar baseados em nossas emoções e logo que as emoções baixam ou se encontramos algo novo que demande nossa atenção diminuimos o ritmo, isso quando não paramos por completo o projeto.

Considero estas madeiras menores que mantem o fogo, até o interior da madeira arder em chamas, nossas virtudes, virtudes que irão alimentar nossa alma com vontade, intuição e inteligência até o momento em que se acenda o nosso eu interior.

Quando estivermos de posse de nós mesmos apoiados em virtudes e vontade inquebrantável, ai sim poderemos fazer tudo que imaginemos.

Quem sabe um renascimento cultural.

A!

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Humor Filosófico

Algumas charges de humor filosófico...


MUNDO REAL e MUNDO APARENTE
















O FILÓSOFO



O Filósofo



Só três minutos mais velho e já estou aborrecido







LÓGICA



Lógica



Classifico as pessoas em duas categorias: boas ou estúpidas



Você falou só duas, cadê a terceira?



Boas e estúpidas





MITOS E MUSAS



Mito



Não … não consigo acertar aqueles alvos tão estreitos… . [Por que tantas super modelos tem fracassado em seus namoros]



PEDAGOGIA NOVA E MÉTODOS CONCRETOS



Pedagogia Tradicional



Ok turma, vamos supor que o peixe é um estudante que não fez sua tarefa. [Lição de Hoje: Simbolismo]







PEDAGOGIA NOVA E MÉTODOS CONCRETOS



Pedagogia Nova



Ok! Marie, você disseca Juan. Gino, você disseca Bernice. Murray disseca Guido. [Sapos na aula de ciências]



FILOSOFIA POLÍTICA



Filosofia Polôica



Os aldeões parecem agitados hoje.



Eu falarei com eles pelo senhor.



O rei está péssimo hoje.



Obrigado Rod, não sei como consegue isso.



LIBERDADE



Liberdade



Vocês ouviram? Eles podem nos obrigar a usar uniforme na escola no próximo ano!



GLOBALIZAÇÃO



Globalização



Você não tem de dizer “oi” toda vez que cruzamos!



O MEC E O FILÓSOFO (por Quino)





Mec e o filósofo






TEÓLOGOS (por Quino)



Teólogos








































LITERALIDADE (Quino)





Literalidade


























MAFALDA SOCRÁTICA 1



Mafalda Socrática 1



MAFALDA SOCRÁTICA 2



Mafalda Socrática 2





quarta-feira, 13 de maio de 2009

Confraternidade

Confraternidade significa fraternidade consciente e se traduz em colocar em evidência sempre os pontos que nos unem ao invez dos pontos que nos separam.

Hoje temos várias supostas amizades pelos mais diversos objetivos:

- Algumas são amizades comerciais, onde se esta junto enquanto há interesse de ganhos.

- Companheirismo do ócio, uma amizade apenas para passar o tempo.

- Amizade para fugir da solidão, e assim que nos sentimos melhor já nem lembramos mais do amigo.

- Amiguetes que se juntam para fumar cigarros proibidos e coisas do gênero.

- Etc...


O que se faz necessário é termos uma amizade filosófica onde nos juntamos por laços de fogo para trabalhar em favor de algo maior do que nós mesmos, buscando o conhecimento e ensinando um ao outro.

Estar ao lado não só nas alegrias, mas também quando as coisas não vão bem. E acima de tudo por um esforço de boa vontade e inteligência, sempre evidenciar as virtudes de nossos amigos, nunca seus defeitos, pois defeitos todos temos mas também temos virtudes.

Assim poderemos ver que o outro tem virtudes que nós não temos e aprenderemos a respeitar os demais, mesmo quando eles são totalmente diferente de nós mesmos.

A chave é que não mais vamos confrontar as diferenças e sim unir as diferenças. Eu ofereço o que tenho de melhor e o meu amigo me oferece o que tem de melhor, assim os dois ganham.

A!

terça-feira, 12 de maio de 2009

Por que sentimos carência?

Na maior parte de nosso tempo parece que nos falta algo, e buscamos esse algo sem saber ao certo o que é.

Normalmente buscamos fora, buscamos mais comida do que precisamos, mais dinheiro do que precisamos, nossos relacionamentos não tem a profundidade que gostaríamos e assim por diante.

Um princípio de uma arte marcial milenar nos fala deste aspecto, e diz que este algo que buscamos na verdade é um sentimento de estar completo, de estar na hora certa, no lugar certo e fazendo a coisa certa.

De certa forma todos nós já experimentamos este sentimento em algum grau e por isso sentimos falta desta plenitude.

Os Toltecas diziam que esquecemos facilmente das coisas do espírito quando não vivemos em função desta transcendência. Por isso não sabemos direito o que é que falta.

Esta arte marcial vai além, ela conta que não só podemos experimentar mais vezes esta comunhão com o poder interno que nos faz sentir completo, como podemos viver constantemente conectado a este mistério.

Este é o destino dos seres humanos, porém hoje nos afastamos disso dia a dia; chegamos ao ponto de nem saber que isso existe, evoluímos tanto tecnologicamente e nos maravilhamos com nossas descobertas, mas pobre de nós, perdemos o mais importante, a conexão com o mistério que nos completa, com o poder interno.

Há que recuperar este tesouro esquecido.

A!

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Por uma nova ecologia


Hoje mais do que nunca na história se faz necessário uma nova ecologia, uma ecologia ativa. Vemos os seres humanos usando os recursos naturais para proporcionar cada vez mais conforto enquanto o mundo se encontra cada vez mais fragilizado.

Todos os dias nasce uma nova epidemia, um novo vírus, efeito estufa, aumento da temperatura ambiente, derretimento das geleiras, etc... Parece evidente que estamos lidando mal com nosso planeta, o problema é que existem mecanismos montados, pelos grupos que se beneficiam financeiramente com esta exploração, que nos fazem ficar sem ação perante tantos mal tratos ao planeta. Estamos tão presos a necessidade de sobrevivência que ficamos cegos ao que está acontecendo.

O fato é que a terra é um organismo vivo e assim como qualquer organismo que se veja atacado por fatores agressivos põem em ação fatores de proteção para inibir o ataque. Nosso organismo segue o mesmo padrão, quando se instaura uma gripe em nosso organismo, este começa produzir celulas de defesa para estirpar o mal detectado. A terra não é diferente e só quem está cego ao que ocorre em seu entorno não consegue ver isto.

É importante limparmos a sujeira, diminuir a poluição e colocar em prática ações para reverter a depredação do meio ambiente, porém é ainda mais importante trabalharmos na educação de nossos jovens, não somente mostrando como combater as causas disso, e sim em uma nova forma de ecologia, uma ecologia onde consideremos nosso planeta como parte de nós mesmos e vive versa, considerarmos o mundo e nós mesmos como partes de um todo maior.

A!

sábado, 9 de maio de 2009

A Profecia Celestina

No Peru existia um templo onde foram encontrados pergaminhos que nos falavam sobre uma profecia de evolução humana, sobre uma nova percepção humana que iria aumentar gradativamente nos dando uma nova visão do mundo e das relações. Outras fontes, como por exemplo "A Doutrina Secreta" de H. P. Blavatsky, também mencionaram que pouco a pouco iríamos ganhando uma nova inteligência, menos racional e mais intuitíva.

Abaixo estão as nove profecias.

A!


Os 9 Insights

1. Estamos redescobrindo que vivemos em um mundo profundamente misterioso, cheio de repentinas coincidências e encontros sincronísticos que parecem do destino. 

2. Quanto mais pessoas acordarem para esse mistério, mais poderemos criar uma nova visão mundial - redefinindo o universo como energia sagrada. 

3. Nós descobriremos que tudo ao nosso redor, toda matéria, consiste e vem de uma energia divina que estamos começando a entender. 

4. Sob esta perspectiva, podemos ver que seres humanos sempre se sentiram inseguros e desconectados da fonte sagrada e também tentamos obter energia dominando um ao outro. Essa é a causa de todo conflito humano. 

5. A única solução é cultivar a sua conexão pessoal com o divino, uma transformação mística que nos preenche com energia e amor ilimitado, ampliando nossa percepção de beleza, e nos levando a um maior auto-conhecimento. 

6. Com esse conhecimento/percepção, podemos liberar nosso padrão de comportamento controlador, e descobrir uma verdade específica, uma missão, que estamos aqui para compartilhar e que nos ajuda a evoluir a humanidade a este novo nível de realidade. 

7. Na busca dessa missão, podemos descobrir uma intuição interior que nos mostra onde ir e o que fazer, e se tivermos interpretações positivas, nossa intuição atrairá um fluxo de coincidências que abre as portas para nossa missão. 

8. Quando o número suficiente de pessoas entrar nesse fluxo evolucionário, sempre dando energia ao Eu Superior de todos que conhecermos, construiremos uma nova cultura onde nossos corpos evoluirão a altos níveis de energia e percepção. 

9. Dessa forma, participaremos dessa longa jornada da evolução desde a origem do universo ao nosso propósito de vida: energizar nossos corpos, geração por geração até enxergarmos o céu que já está ao nosso redor.


Mensagem:

Todos nós temos um propósito de vida e escolhemos diversos caminhos para chegar ao nosso eu interior. Usamos nossa intuição, nossos insights, nossa energia e nosso corpo físico para evoluir. 

A expansão da consciência evolui a cada dia que passa acelerando nosso desejo interior e nosso chamado. Basta ouvir aquela voz interior que temos e que nos guia como um compasso através do nosso coração e da nossa alma. Qualquer caminho é válido. 

Basta esse caminho ter coração e alma.


sexta-feira, 8 de maio de 2009

Vibrações positivas e negativas. Ventos Astrais

Quem nunca teve a experiência de estar com ótimo humor, com disposição para dialogar, cantar, fazer os afazeres e de uma hora para outra entrar em um estado de limitação, parece que tudo trava. Já temos que fazer força para responder uma pergunta, a preguiça nos pega e tudo parece mais pesado.

Popularmente chamamos isso de mau humor mas por trás da simplificação de bom ou mau humor existem forças que nos atingem e nos regem até certo ponto.

Esotericamente sabemos que são vibrações, assim como ondas de rádio ou celular, as vibrações de ondas longas são vibrações mais lentas, elas fazem as coisas se desacelerarem, desde os pensamentos até os sentimentos ficam mais lentos e por assim dizer mais obscurecidos. Muitas vezes somos pegos como que por uma brisa dessas vibrações que passam perto de nós, também chamados de ventos astrais, outras vezes nós mesmos com nosso comportamento nos afinizamos com este tipo de vibração sem notar. 


Digo que nos afinizamos pois tanto as vibrações rápidas quanto as lentas sempre estão ao nosso redor e nós "escolhemos" com quais vamos nos afinizar, da mesma forma que trocamos uma estação de rádio podemos trocar nosso padrão vibracional.

No início nem nos damos conta com que estamos nos afinizando mas conforme vamos treinando nossa consciência começamos perceber isso.

Hoje a ciência já considera isso uma realidade pois sabe-se que somente 0,01% do nosso universo é feito de matéria, o resto é energia, eletromagnetismo e outras coisas quem nem mesmo foram entendidas pela ciência como por exemplo a matéria negra e a energia negra que ocupam 95% de nosso universo.

É esplêndido que a ciência comece perceber estas coisas com ajuda da física quântica porém o mais importante é conseguirmos perceber isso com nossas faculdades internas e aprendermos a manejar estes mistérios.

Os avatares sabiam muito bem disso e com certeza estavam sempre "sintonizados" em vibrações extremamente rápidas. Se diz que as vibrações lentas se assemelham a obscuridade até o ponto de se transformar em matéria enquanto as vibrações rápidas são pura luz.

A chave é que saibamos como nos desviar desses ventos astrais negativos e se formos pegos por eles, saber como voltar a elevar a consciência ou voltar a sintonizar a "rádio com as músicas que gostamos".

A maioria das pessoas buscam ler livros , um ombro amigo, uma música que gostamos e que seja animadora, um filme bom, tudo isto são soluções, embora temporárias mas que podem ajudar.

Outros acabam caindo no escapismo das drogas, do excesso de alimentação por ansiedade, na sensualidade, pensam que dando mais alimento ao seu astral irão solucionar o problema mas a realidade é que quanto mais o alimentamos, mais estímulos externos serão solicitados no futuro formando um círculo vicioso.


Para um filósofo além de usar as soluções mencionadas primeiramente é necessário VER realmente tentar resolver o problema com consciência, perceber como se estivéssemos vendo estas ondas vibratórias por que talvez possamos vê-las com tanta clareza quanto vemos com os olhos. E uma vez percebendo isto utilizar um esforço de vontade, um esforço de harmonizar-se com a natureza, por que deixe dizer-lhes que a vibração natural, esta que as plantas, os animais, as pedras, o céu e o mar vibram, esta é rápida. Nós criamos as baixas vibrações em nossas loucuras materialistas e agora estamos sofrendo a lei de causa e efeito.

A solução para sairmos disso é voltarmos a nos sentir parte do todo, sentir que tudo tem sua importância justa e que cada coisa coopera com o todo, só nos sentimos miseráveis quando estamos separados do universo, isso é o que os sábios chamavam de a grande heresia, a separatividade.

A!

A Força

O mundo é como um teatro. As coisas se mostram, como num espetáculo, como uma sequência de fatos, uma série de personagens, um cenário (ou muitos), falas, conversas, tramas e dramas, conversações e trejeitos. Mas, como num teatro, o que define e o que direciona está oculto aos olhos dos comuns espectadores. O que aparece no palco é apenas um jogo visual, aparente. Contudo, as causas destes fenômenos estão conjugados naquilo que os antigos filósofos egípcios chamavam de FORÇAS. No antigo Egito, terra de mistérios - donde vem o nome aegiptus, do grego, misterioso/oculto - os hierofantes e magos diziam de "HEKA", a magia de Estado, como a potência direcionadora da sociedade. Sem esta mágica direção, o Egito não poderia replicar, na terra, o modelo celeste. O Nilo terrestre, não poderia refletir a abundância de águas do Nilo celeste. Estes filósofos, muitas vezes estranhos ao modelo racionalista dos dias de hoje, entendiam uma premissa muito básica da ciência: o que os sentidos captam, é mera ilusão. É maya, como diriam os hindus. É apenas uma configuração sensorial, de arranjos físicos, mais ou menos funcionais, para dar noção do mundo que nos circunda. Entretanto, por detrás destas informações que se nos vêm dos sentidos, está a PERCEPÇÃO, a capacidade humana de entendimento real, que produz a significação das coisas. Agora, fica a pergunta: como atuar a partir deste cenário de Forças? Como percorrer a vida vendo e movendo as linhas que estruturam os fatos e não o eventos consequentes? Como interpretar as causas, como enxergar o karma acontecendo e não somente os fatos acontecidos? Bem, esta é a realização da filosofia. O princípio do filósofo é a surpresa com o que desconhece; o meio da caminhada é a descoberta; o fim do filósofo é o Homem-Mago, o homem de conhecimento, o sábio. Dizem que Jesus, Buda, Pitágoras, Lao Tsé, entre outros, viam o mundo através das Forças que o movem. Nós ainda não entendemos isso por completo. Mas podemos ter a intenção descomplicada de ver a vida a partir do coração, da pureza e da simplicidade. Ver os olhos das pessoas como janelas da Alma. Ver os corpos como veículos de uma consciência impressionante; Ver os fatos da vida como pegadas de um gigante chamado História. Não é o modo como os sábios vêem o mundo, mas já é um começo. É o modo dos filósofos.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

O que é a Filosofia

Hoje conhecemos a filosofia como um curso superior onde se estuda as linhas de pensamento de vários indivíduos que falavam sobre questões relacionadas a diversos assuntos, mas não há critério, não se reflete sobre o que é válido, o que é útil.

Sabemos que a palavra filosofia significa buscador da sabedoria, mas que tipo de sabedoria pode ser retirada de alguém que inspirava seus escritos na depressão, angústia ou na dúvida existencialista?

A filosofia a maneira clássica como o método utilizado pelos gregos e outros povos sábios, era uma filosofia que buscava o conhecimento da lei que rege todos os aspectos da vida, como a política, artes, religião e ciência, buscava uma unificação de tudo, pois se conhecemos uma lei do universo podemos aplica-la em qualquer aspecto da vida, assim nos tornamos estáveis e nos afastamos da dúvida.

A dúvida é como uma ferrugem que corroi o ser humano e nos faz agir muitas vezes contrariamente aos nossos princípios e contrária a forma que gostaríamos de agir. Os primeiros passos da sabedoria é quando conseguimos pensar, falar e agir coerentemente ao invez de pensar de uma forma, falar de outra e agir de outra, isso é demagogia.

O verdadeiro filósofo sente dentro de si o que é verdadeiro ao invez de perder-se no inóspito terreno da dúvida. Uma vez reconhecido este guia interior, ai sim começamos uma viagem rumo a sabedoria.

Por isso em toda história existiram mestres e discípulos, pois o discípulo que ainda não tem tão aflorado este ser interior busca em mestres, que ja despertaram sua voz interior, o conhecimento verdadeiro, o conhecimento unificado e imutável. A Lei Universal.

A!

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Eu Sou Eu, Eu Sou Livre!

Eu Sou Eu, Eu Sou Livre!

Parte 1

Por Rui Fragassi

Baseado no livro "I am me, I am Free: The Robots' Guide to Freedom" de David Icke



"Lembre-se de que tudo o que estou oferecendo é a verdade, nada mais"



A Manada Desnorteada

Afinal, quem é você? O que encontra-se atrás dos seus olhos? Quando você olha em um espelho, o que você enxerga? Você vê o verdadeiro você ou aquilo que você foi condicionado a crer que é você? Os dois são tão tão diferentes. Um é uma consciência infinita capaz de ser e criar tudo aquilo que escolhe, e o outro é uma ilusão aprisionada por suas limitações percebidas e programadas.

Que beleza é viver na terra da liberdade. Você é livre para ver as notícias e os jornalistas e correspondentes te dizerem, sem questionamento, a explicação oficial dos eventos – explicações projetadas para garantir que você veja o mundo da forma desejada e que reaja da forma desejada. Você está livre para fazer o que nós dizemos a você; livre para pensar da forma que dissermos a você; livre para viver da forma que dissermos para você. E você está inclusive livre para morrer como nós dissermos a você, nas guerras friamente criadas para destruir, controlar e manipular.

Deixamo-nos transformar em um rebanho. Uma vez que nós aceitamos a mentalidade de rebanho, nós podemos ser controlados e dirigidos por algumas poucas pessoas. E nós somos! Nós paramos de pensar por nós mesmos e entregamos as nossas mentes [poder]. Quando nossas respostas ao medo são ativadas, nós corremos para aceitar o que nos for imposto.

É razoavelmente fácil alguns controlarem toda a população do planeta, quando você controla a educação [na realidade, a doutrinação] e os meios de comunicação – as fontes de “informação” e as mensagens [mantras] que bombardeiam a mente consciente e subconsciente desde o berço até o túmulo.

Vá a uma rua lotada e observe as pessoas que passam. Você não está vendo o todo real e infinito delas. Você está olhando para a máscara que elas projetam para o mundo. É a máscara que elas acreditam ser aceitável para o resto dos prisioneiros, para evitarem ser ridicularizadas ou condenadas por pensarem e agirem de forma diferente às demandas da Zona Livre de Controvérsias/Embaraços.

Se você deseja ser livre, pare de viver uma mentira. Pare de negar você mesmo. Você é um aspecto único de tudo que existe, a soma total de todas as suas experiências únicas desde que você primeiramente tornou-se uma consciência, uma infinidade de tempo atrás. Esta é uma razão para ficar alegre. Não existe nenhum aspecto da consciência, em toda a criação, que é igual a você. Você é especial, assim como todo mundo é igualmente especial. Mas, ao invés de sermos alegres e orgulhosos de sermos especiais, nós acabamos deixando que esta situação única se transformasse em algo a se temer: “Oh meu Deus!”

É comum sucumbirmos ao mito sobre “homem e mulher ordinária na rua” ou “pessoa comum”, à idéia de que as massas são apenas “ordinária” e apenas algumas pessoas, que são “extra-ordinárias”, conseguem algo na vida. Este sistema de crença nos diz que nós somos “ordinários” e, portanto, devemos saber qual é o nosso lugar. Na verdade, não existe um homem, mulher, criança ou folha de grama “ordinária” em toda a criação, mas as pessoas são persuadidas a acreditar nesse mito e, portanto, acabam atuando no papel de um ser “ordinário”. É um ato que eles foram condicionados a desempenhar, como um ator no palco. Ordinário não é o que somos, é meramente o que nós escolhemos acreditar que somos. Mas isso é muito poderoso no sentido de diminuir nosso senso de valor; é uma outra motivação para entregarmos nossa mente para aqueles que nós acreditamos que são “melhores” que nós. Tudo parte do condicionamento que inclui a baboseira de que nós nascemos todos pecadores, seja lá o que isso queira dizer.

Não ficamos com medo pelo que os presidentes, primeiros-ministros, banqueiros globais pensam a nosso respeito – é a reação de nossos amigos, família e colegas de trabalho que nos preocupa e nos amedronta para nos conformarmos. A reação dos outros escravos! A força policial mental, emocional e espiritual, que controla as massas, é formada pelas... massas. É como ter uma cela cheia de prisioneiros e quando um dos prisioneiros encontra um meio de escapar, todos os outros prisioneiros correm para bloquear a saída.

Preconceito é a palavra vital aqui. As pessoas são condicionadas para terem preconceitos contra outros membros e grupos dentro de cada cultura e sociedade, e essas diferentes formas de preconceitos são usadas para dividir e governar a manada. O preconceito pode ser racial, religioso ou político, ou baseado em antecedentes, ganho financeiro, tipo de trabalho ou estilo de vida. Isto permite a manipulação da consciência coletiva florescer e, no entanto, se parássemos de procurar impor NOSSA versão do certo e errado, bom e mal, moral e imoral, em cima dos outros, nós removeríamos os meios de tal manipulação global. Nós precisamos nos livrar de TODOS os preconceitos – AGORA!

Nós julgamos as pessoas, e a nós mesmos, não pelo que somos, mas por aquilo que possuímos ou por aquilo que “fazemos”. O “papel” que desempenhamos não é “nós”, assim como o personagem que um ator representa não é a personalidade real do ator. Nossos trabalhos e “papeis” são veículos temporários para adquirir experiência, só isso. Somos consciência em evolução em uma jornada eterna em direção de um maior amor, conhecimento e compreensão, mas nós nos esquecemos disto e nós temos sido encorajados a esquecer disto. Somos como atores que pensam que o filme é a realidade. É apenas um jogo, mas nós pensamos que ele é real. Estamos levando o jogo muito a sério. É apenas um filme e ele deveria ser alegre.

Democracia não é liberdade, é uma ditadura camuflada de liberdade. A mesma força controla, direta ou indiretamente, todos os principais partidos políticos e movimentos. Quando você vota em uma eleição, você está escolhendo entre diferentes aspectos da mesma força. O dinheiro e a mídia decide quem torna-se presidente dos Estados Unidos e o dinheiro e a mídia são possuídas e controladas pelas mesmas pessoas. 30 pessoas dizendo a outras 49 o que elas devem fazer não é liberdade. Na realidade, a maioria dos governantes são eleitos por uma minoria da população. Liberdade é o direito de TODAS as pessoas expressarem quem elas são, o que elas pensam, e como elas desejam viver suas vidas: livres de imposição ou constrangimentos de ninguém. É poder celebrar nossa individualidade única sem regras, regulagem, ridicularização ou condenação daqueles que procuram impor seus pontos de vista da vida sobre o resto de nós.

Até que aprendamos a respeitar o nosso, e de todos, direito de ser diferente, de fazer nossas próprias escolhas, e criar nossas próprias realidades conscientes, livres de imposições e pressão para nos conformarmos, nós iremos permanecer em uma prisão fabricada por nós mesmos. Continuaremos a ser, ao mesmo tempo, o policial e o prisioneiro. E um punhado de pessoas, com uma agenda muito desagradável, irá continuar a mandar no mundo. A escolha, como sempre, é nossa. Podemos aceitar a prisão ou podemos caminhar para a liberdade. E a liberdade está apenas a um pensamento de distância...


Defendendo o Dogma

Junto com a ilusão de que somos livres, existe a ilusão de que somos diferentes. Parece uma contradição, mas não é.

Somos únicos dentro de nossa consciência multidimensional, mas dentro da visão limitada da “Zona Livre de Embaraços” existem “diferenças” sem fim, que nós chamamos dogmas que, na verdade, não são diferentes. David Icke passa a fazer uma comparação do métodos de terrorismo [para incutir medo] aplicado pelas religiões católica, judaica e islâmica, visando todas o mesmo fim: manipular os fieis, via medo. Todas dizendo que Deus está de seu lado, e portanto elas podem praticar a matança das pessoas entre si, em nome de Deus. Existe um tema comum nessas religiões: atemorizar a população para fazer ela se conformar aos seus ditames. Ninguém “nasce” um cristão, um judeu ou um muçulmano. As pessoas são condicionadas para se tornarem um cristão, judeu ou muçulmano após seu nascimento.

Nós continuamos a acreditar demais e pensar de menos. Intuitivamente, nós “sentimos” menos ainda. A rigidez e a manipulação das “crenças” [dogmas e preconceitos] é a forma como somos controlados. Os conflitos através das eras não têm sido entre opostos, mas versões do mesmo estado mental: o desejo de controlar os outros. Além das religiões, pode-se citar, por exemplo, os esquemas políticos: o Comunismo [extrema esquerda] não é diferente do Nazismo [extrema direita]. A extrema esquerda, simbolizada por Josef Stalin, acredita em controle centralizado, ditadura militar e campos de concentração. A extrema direita, simbolizada por Adolf Hitler, acredita em controle centralizado, ditadura militar e campos de concentração. Conseguiu ver diferença? Claro que não. Comunismo e Nazismo não lutaram pela liberdade na Segunda Guerra Mundial; foi uma guerra para decidir qual aspecto do mesmo padrão de pensamento iria controlar as terras da Europa Oriental.

Em toda as Zonas Livres de Embaraços dos dogmas religiosos, políticos, “científicos” e econômicos você encontra estes não-opostos [“oppo-sames”, no dizer de Icke] brigando e condenando-se entre si. A velha tática de dividir para governar sobre todos. Não se pára uma ditadura com outra ditadura. Você não pára a violência com violência [Vide o Bush, com sua “guerra ao terrorismo”...]. E você não elimina o ódio com mais ódio. Você apenas dobra o ódio. Nem você remove divisões abanando sua bandeira, colocando os desejos de seu país acima das necessidades dos outros do planeta, e dizendo que sua pátria e população é a melhor do mundo.

Você pára uma tirania com liberdade para todos; você termina a violência sendo pacífico; você elimina o ódio com amor; você termina o dogma com liberdade de expressão; e você remove as divisões compreendendo que todos nós somos UM – todos aspectos da mesma consciência infinita que chamamos Deus.

Dentro da Zona Livre de Embaraços existe muito poucas diferenças entre as pessoas, em suas atitudes básicas e respostas. As pessoas são aspectos do mesmo rebanho. É fora da Zona que descobrimos nossa verdadeira situação única. No interior, as “diferenças” precisam ser fabricadas para nos presentearmos com a ilusão de escolha e de variedade, caso contrário iríamos logo perceber que a humanidade é um conjunto de pensamentos programados e uniformes. Esta é a razão para os “iguais” serem apresentados como “opostos”. Opostos não brigam entre si. Os não-opostos brigam entre si. O oposto do desejo de brigar e de se impor é o desejo de amar e de libertar. Estes opostos não podem brigar porque um irá sempre se recusar a fazer isso. Portanto, quando você ver conflito físico e verbal isto será sempre entre aspectos do mesmo estado mental – não-opostos – e nunca entre opostos. Aqui reside toda a base do dividir-e-governar: criar divisões com “diferenças” fabricadas, não existentes, e , então, por as partes uma contra a outra.

Recapitulando, a humanidade está em uma prisão porque:

A. Ela entrega a outros sua mente e entrega a outros sua responsabilidade e poder de pensar por si mesma.

B. Ela é consumida pelo temor, especialmente o medo do que a outra pessoa vai pensar de você – o medo de ser diferente e único.

C. Ela procura impor seus dogmas sobre todos e nega o direito de cada um de nós de ser diferente e de ter nosso ponto de vista próprio e único.

Em vista disso, para escapar da prisão global obviamente temos que:

A. Pensar por nós mesmos e recusar que outros nos diga o que fazer, ser ou dizer.

B. Sumir com o medo, já que o medo é nossa criação. Não precisamos ter medo, se escolhermos isso. Não precisamos esconder nossa unicidade, se escolhermos isso. Podemos facilmente fazer uma outra escolha.

C. Respeitarmos nosso direito próprio de acreditar naquilo que escolhermos e, crucialmente, respeitarmos o direito de todo mundo fazer o mesmo, livre de pressão, de ridículo, condenação e imposição de qualquer espécie.

Nestas poucas sentenças você tem os meios para transformar este mundo, de uma prisão para um paraíso. Nenhum revolver precisa ser disparado, nenhuma trincheira precisa ser cavada, nem mais um movimento político precisa ser criado. Tudo que precisa é que você respeite o seu direito de ser diferente e que respeite o direito de todos de ter essa mesma liberdade.

Sim. É só isso.


A Ditadura Global

O controle do mundo durante um longo período de tempo tem sido conseguido pelos meios que já descrevi: manipulação da mente, divisões fabricadas e, o mais importante de todos, pelo medo. Esta é a emoção que tem dado o controle de nossas vidas para um grupo manipulador que eu chamo de Elite Global.

Quando você consegue fazer as pessoas ficarem amedrontadas, elas irão procurar alguém para protegê-las daquilo que foram condicionas a temer [Obs: este livro foi publicado, pela primeira vez, em 1996, antes que o Bush ordenasse os atentados de 11 de setembro de 2001, para praticar exatamente o dito nesta frase].

A Elite Global, os poucos que decidem os rumos do mundo e da humanidade, estão no topo de uma pirâmide de manipulação. Quase todas as organizações de hoje estão estruturadas na forma de uma pirâmide. No topo você tem a elite diminuta que sabe tudo sobre a organização, sabe qual a sua agenda verdadeira e o que se deseja realmente alcançar. Quando você vai descendo do pico, você vai encontrando mais e mais pessoas que sabem cada vez menos da agenda verdadeira. Isto é chamado de compartimentalização. Aqueles no topo se certificam que todos abaixo, na pirâmide, tenham conhecimento apenas de suas contribuições individuais para a organização, companhia, sociedade secreta, etc. Como resultado, a maioria deles pensam que seus trabalhos são totalmente inocentes, não sabendo que seus trabalhos se encaixam com outros da pirâmide, para criar um padrão que não é nada inocente. Os maçons e outras sociedades secretas são óbvios exemplos deste método, com os seus níveis de iniciação. Cada nível não tem idéia do conhecimento existente nos níveis acima de si. A maioria dos maçons não progride acima do terceiro nível, apesar de existir outros 30 níveis acima [e mais outros 13 níveis não oficiais, chamados de níveis Illuminati]. Quando é dito que a rede maçônica participa de uma conspiração, as pessoas ficam com a falsa idéia de que você está dizendo que todo maçon está procurando controlar o mundo. Isso é simplesmente ridículo. As sociedades secretas, como todas as demais, consistem de líderes [uns poucos] e dos liderados [o resto].

Dentro da pirâmide global estão as organizações [também com estruturas piramidais] que controlam nossas vidas – o sistema bancário, o sistema político, a rede de corporações multinacionais, a mídia, a “educação” [doutrinação], as agências de inteligência, as forças armadas e por aí afora. Os picos dessas pirâmides individuais se fundem formando o pico da pirâmide global, controlado por pouquíssimas pessoas, que eu chamo de Elite Global. Neste nível da Elite, todos os bancos, partidos políticos, jornais e meios de difusão, agências de inteligência, companhias multinacionais e sociedades secretas, são propriedade e controladas pelas MESMAS pessoas. O mito da escolha é difundido para nos enganar dizendo que somos livres.

O verdadeiro poder em uma pirâmide está na sua base, não no topo, mas a raça humana tem sido condicionada para acreditar no oposto.

Toda Zona Livre de Embaraços é uma pirâmide com os ditadores religiosos, políticos e econômicos sentados no topo, impondo suas vontades sobre o resto. Eles conseguem isto porque aqueles abaixo na pirâmide aceitam fazer o que o pico diz, e acreditam na propaganda enviada pelo pico, que condiciona seus pensamentos e percepções da vida, para si e para os outros. É possível uma pessoa passar a vida inteira sem ter um único pensamento original. Viver na cadeia é segurança? Ter a sua vida controlada e seu futuro ditado é segurança? Nós somos robôs!

A raça humana não é má, mas parou de pensar de tal forma que a Elite Global pôde condicioná-la a nível de atividade cerebral e, portanto, controlar a direção do mundo. Isto é um golpe de estado sobre a mente. A Elite Global não deseja apenas controlar o que nós pensamos, mas principalmente deseja nos condicionar para não pensar. Existem muitos métodos para obter isso. A técnica chave é algo que chamo de Problema-Reação-Solução [PRS]. Você cria um Problema, seja uma guerra ou corrida ao dinheiro, um colapso governamental, ou qualquer coisa que se ajusta aos planos do momento. Você se certifica, porém, que outra pessoa seja culpada por este “problema”, e não você. Isto é essencial. Você, então, usa a mídia global, que te pertence e que você controla, para pressionar a opinião pública para exigir uma Reação – a síndrome do “algo precisa ser feito”. Em resposta a este “problema” manipulado e da “reação” pública estimulada, você então oferece abertamente a “Solução” para o problema que você criou. Esta “solução” é aquilo que você planejou fazer desde o começo, mas o uso do PRS não apenas evita uma oposição séria aos seus planos, como você na realidade manipula a população para exigir que você faça aquilo que você desejava fazer desde o início! [ex: Bush e o 11 de setembro de 2001, etc].

Para um governo mundial existir precisa-se usar uma estratégia para desacreditar o status quo, a comunidade e o país. Se o status quo está funcionando bem e a harmonia reina, as pessoas não irão aceitar um governo mundial ditando o que elas devem fazer. Pode ser provado que os mesmos banqueiros globais, e suas redes, deram fundos para todas as partes envolvidas na Primeira e na Segunda Guerra Mundial, além de fornecerem fundos para a Revolução Russa que nos trouxe a tirania chamada “comunismo”. O principal objetivo de uma guerra manipulada é mudar a natureza da sociedade pós-guerra. O mundo ficou mais centralizado como resultado da Primeira Guerra Mundial e ainda mais após o segundo conflito global. Esta era a idéia.

Está em andamento uma agenda para diminuir o uso do dinheiro vivo e nos mover em direção ao dia em que todo o dinheiro será eletrônico e as transações financeiras serão processadas via computador e minúsculos microchips sob a pele irão levar todos os detalhes pessoais e financeiros das pessoas. Muitas boas razões serão apresentadas para isso. A razão verdadeira, no entanto, é o controle. Uma vez que o dinheiro vivo tenha desaparecido nós entregamos o poder de nossas vidas a um computador e ao seu programador. Hoje, se seu cartão de crédito é recusado pelo computador, você tem a opção de pagar em dinheiro vivo. Mas o que acontece quando não existir mais dinheiro e o computador diz não para o seu cartão de crédito ou microchip? Como você vai fazer a compra? Não vai! O computador, e aquele que programa sua resposta, controla o que, quando e se você vai comprar. Mais ainda, engenheiros eletrônicos têm alertado que, uma vez que tenhamos um microchip dentro de nós, mensagens podem ser transmitidas do computador para o chip, podendo criar raiva coletiva, histeria, agressão e uma série de outras emoções [e também a morte]. Então nós seremos literalmente robôs. Esta tecnologia já existe e a única coisa que falta é manipular a mente humana para aceitá-la. A colocação de microchips em animais domésticos já está virando rotina.

Veja como opera a televisão via satélite [Direct TV, Sky, etc]. Cada assinante possui um cartão programado para aceitar os canais que você pagou. Se você deseja acrescentar outro canal, você poderia pensar que precisa pedir um novo cartão. Não, não. Você telefona para o departamento de assinantes e eles pedem para você colocar a televisão no canal que você deseja receber. Nessa altura você só vê chuviscos nesse canal. Aí, ante seus olhos, o canal passa a aparecer corretamente, após alguns segundos. Como vocês fizeram isso?, eu perguntei. Eles enviam um sinal que reprograma seu cartão e o de mais ninguém! Eles têm a condição, até em televisão via satélite, de isolar um cartão em uma televisão em um lar. E eles não podem fazer isso com um microchip dentro de uma pessoa? Claro que eles podem, e essa é a idéia.

O sistema bancário é a atividade mais lucrativa e a atividade criminal mais destrutiva do planeta. As pessoas que plantam os alimentos e produzem os bens necessários para viver estão todos em débito e muitos são levados à falência e ruína por pessoas que nada mais fazem do que digitar caracteres em uma tela de computador e cobrar juros por eles. Uma fantástica soma de “dinheiro” está em circulação na forma de cheques e créditos de várias formas, mas menos que 10 % disso está na forma de notas e moedas. Mais de 90 % do dinheiro não existe!!

A maioria do “dinheiro” é colocado em circulação não pela impressão de notas e moedas pelo governo, mas pelos bancos privados emprestando dinheiro que não existe e cobrando juros sobre ele. Nos dizem que a inflação é causada pelo governo imprimindo muito dinheiro. Não, não é. O governo não imprime dinheiro suficiente! 90 % do “dinheiro” colocado em circulação é “criado” na forma de débito pela rede de bancos privados controlada pela Elite Global.

Dois presidentes dos Estados Unidos propuseram imprimir dinheiro livre de juros [ex. impressos pela Casa da Moeda do Brasil] e começaram a fazê-lo e a introduzi-lo em pequenas doses. Um era Abraham Lincoln e o outro era John F. Kennedy. O que mais estes dois presidentes têm em comum??

Vimos algumas conseqüências de entregar a outros o nosso direito de pensarmos por nós mesmos. Quando nós fazemos isto, nós:

1. permitimos uma minúscula Elite decidir nosso destino, e de nossos filhos.

2. permitimos essa Elite programar tanto nosso sentido de limitação que nós acabamos vivendo em uma fração do nosso potencial verdadeiro.

3. permitimos que nossas mentes sejam manipuladas minuto-a-minuto no sentido de ver os eventos e as pessoas exatamente como a Elite deseja.

4. permitimos que um punhado de banqueiros controlem as finanças de bilhões de pessoas, cobrando juros sobre dinheiro que não existe.

Quando você entrega sua mente, você entrega sua vida. Quando um grande número de pessoas fazem isso, elas entregam o mundo. É exatamente o que fizemos. Nós somos responsáveis por tudo o que ocorreu, por aquilo que está ocorrendo e pelo o que ocorrerá.


As Profundezas do Mal

A risada é um bom antídoto para o medo. Chamamos “mal” a um desbalanceamento negativo extremo da consciência. O “mal” não dura para sempre. Dura enquanto a mente escolher ficar nesse estado de ser.

As pessoas que desejam dominar o mundo e controlar as vidas e o pensamento [é a mesma coisa] de bilhões de pessoas, estão seriamente desbalanceadas. Muitas delas são psicopatas. O conhecimento não é positivo ou negativo, ele é sempre neutro. É como o conhecimento é utilizado que é positivo ou negativo.

O cristianismo foi logo tomado pelas forças da dominação e transformado em um veículo de controle de massa. Qualquer pessoa que expressasse pontos de vista que desafiasse os absurdos fabricados era sistematicamente removida, via inquisição que queimava como heréticos aqueles que não fossem vistas como cristãos “verdadeiros”. A definição de “verdadeiro” era seguir sem questionar a doutrina imposta pelo Papa. Enquanto o cristianismo continuou a exportar seu credo através da morte e destruição para as Américas, África, Austrália e outros locais, o conhecimento esotérico foi perdido ainda mais, quando as culturas nativas foram destruídas e “cristianizadas”.

Os níveis avançados de conhecimento têm sido passados pelas Escolas de Mistério da Babilônia, Egito, Grécia, etc., além de outras civilizações mais antigas [ex Atlântida]. Com o passar dos séculos, e com o cristianismo retirando esse conhecimento da arena pública, o trabalho dessas Escolas de Mistério evoluiu para uma vasta rede de sociedades secretas que nós vemos hoje em dia, que inclui a maçonaria e os Cavaleiros de Malta, ambas controlando o Papa e o Vaticano. As cerimônias de iniciação dos maçons já são bastante negras e bizarras até nos níveis mais baixos, e elas se tornam ainda mais negras conforme mais alto se vá.

No topo da pirâmide de manipulação, e também em outros níveis, a mentalidade atrás dessa manipulação está baseada no Satanismo e na magia negra. O que chamamos vudu é a habilidade de implantar formas mentais no campo energético de outra pessoa, causando a ela doença, dor ou sofrimento mental e emocional. A mente controla o corpo e, portanto, é possível programar a mente de alguém para fazer o corpo morrer. Esta é a forma como algumas figuras públicas morrem de “causas naturais” nas épocas mais convenientes do ponto de vista da Elite.

Um método de criar robôs humanos é chamado de Desordem de Personalidade Múltipla [DPM], também conhecida como Desordem de Identidade Dissociativa [DID]. Pessoas, ou melhor zumbis, em um estado programado são usadas para muitas coisas. Por exemplo, elas podem ser ativadas para cometer assassinatos, como os assassinos de John Lennon e de Robert Kennedy [são chamados de “loucos solitários”]. É comum as pessoas ficarem loucas desta forma tomando uma droga chamada de Prozac, um anti-depressivo vastamente receitado e produzido pela Eli Lilly, uma companhia bem relacionada com George Bush Sr. Os efeitos colaterais dessa droga incluem nervosismo, ansiedade, tendências suicidas, hipomania e comportamento violento, quando a droga é retirada. Os médicos são aconselhados a não receitar Prozac para pessoas com histórico de “manias”.

A Elite Global também deseja remover todas as armas da população em geral, em preparação para seu golpe de estado final. Adolf Hitler introduziu leis de restrição de armas logo antes de começar o transporte de pessoas para seus campos de concentração. Estes campos de concentração já foram construídos pelos EUA através de uma organização chamada de FEMA [Federal Emergency Management Agency].

A Elite Global, através da CIA [Central Intelligence Agency], controla a rede internacional de tráfego de drogas ilegais [cocaína, heroína, etc]. Pessoas programadas via DPM aparentemente desenvolvem uma memória fotográfica e, quando acionadas via uma palavra, frase ou ação, viram robôs humanos que repetem mensagens palavra-por-palavra, como um gravador magnético.

Uma coisa doentia é o uso de robôs, incluindo crianças muito pequenas, para prover sexo bizarro para presidentes, lideres estrangeiros, políticos e homens de negócio que a Elite, ou deseja encorajá-los no seu modo de pensar, ou comprometê-los e chantageá-los a fazer como eles [da Elite] desejam. Esses robôs, ou estão em seu modo de zumbi [quando não podem relembrar o ocorrido], ou, quando já passaram de certa idade, eles são assassinados e algumas vezes as partes de seus corpos são usadas em rituais de magia negra horrorosos, freqüentemente vistos por pessoas muito famosas. Um desses robôs é Cathy O’Brien. Ela consegue também descrever detalhes físicos das pessoas envolvidas que ela apenas poderia saber se ela tivesse visto essas pessoas nuas. Ela diz que foi estuprada por Gerald Ford, o “Rei da Pornografia” [e, posteriormente, presidente dos EUA, obviamente]. George Bush Sr é também um estuprador de crianças, segundo ela.

O movimento Jesuíta “católico romano” é um importante veículo de manipulação da conspiração global e, como os Cavaleiros de Malta que ajudam a controlar o Vaticano, ele inclusive não acredita no cristianismo! Os Jesuítas, os Cavaleiros de Malta e a hierarquia católica romana são partes dos illuminati – os iluminados.

Ela [Cathy] diz que foi estuprada por Pierre Trudeau, primeiro ministro do Canadá que, como Jesuíta, trabalhava de perto com o Vaticano; estuprada novamente por Gerald Ford, quando ele já era presidente; estuprada por Ronald Reagan, quando ele era presidente; e muitas vezes estuprada brutalmente por Dick Cheney, atual vice-presidente dos EUA. Lá [base militar no Monte Shasta] ela viu uma enorme frota de helicópteros pretos sem marcas, que, conforme pesquisadores revelaram, são parte do exército privado da Nova Ordem Mundial que está em instalação para instigar um golpe de estado quando o momento for julgado adequado. Quando “casada” com um agente da CIA [Alex Houston], ela era engravidada e fazia muitos abortos artificiais para que seus fetos fossem usados em rituais satânicos. Existe um “playground” sexual no norte da Califórnia, chamado de Bohemian Grove, onde pessoas da elite [Clinton, Bush, Ford, Kissinger,...] se divertem com rituais satânicos, torturas, sacrifícios e beber sangue. O constante tema sexual se relaciona com o poder da energia sexual. A Máfia e a CIA trabalham muito juntas. Pequenas câmeras eram instaladas para registrar as atividades sexuais de políticos dos EUA e do exterior para que eles pudessem ser chantageados no sentido de apoiar a Nova Ordem Mundial. O principal pornógrafo de Reagan era o Larry Flint, dono da revista Hustler. Ele tinha conexões com a CIA, Máfia e o Vaticano.

O comércio mundial de drogas ilegais é controlado pela Casa Branca e pela rede de crime organizado/serviços de inteligência globais/USA para gerar vasta quantidade de dinheiro para as operações secretas projetadas para implementar a dominação global pela Nova Ordem Mundial e para desestabilizar a sociedade visando tornar as pessoas mais fáceis de controlar.

Durante a “guerra contra as drogas” do governo Clinton, ele parou os testes de drogas para o staff da Casa Branca porque muitos de seus associados, que controlavam o país, eram viciados em drogas! Os EUA é uma ditadura fascista de um só partido [republicano = democrata] enquanto milhões de norte-americanos continuam acreditando que o país é a terra da liberdade.

A CIA está envolvida com o tráfego de escravos em todo o mundo. Existe planos para um golpe militar nos EUA. A ONU [Organização das Nações Unidas] é apenas um veículo para a Elite Global, na implantação da Nova Ordem Mundial. Estima-se que existem 3.750.000 satanistas praticantes nos EUA e entre 50.000 e 60.000 sacrifícios humanos por ano naquele país.

Os adultos e crianças traumatizados [robôs] são amedrontados para não irem fazer denúncias à polícia porque eles sabem que a rede satânica inclui os policiais, juízes, servidores civis, pessoal da mídia, políticos e muitos outros que controlam nossa sociedade “livre”. Coisas inacreditáveis ocorrem: beber sangue, comer a carne de corpos mortos, milhares de adultos e crianças enterradas em túmulos profundos, matança de pessoas em frente a câmeras na produção dos chamados vídeos “snuff”, etc.

Você controla sua realidade; todos nós controlamos, e coletivamente nós acabamos criando a realidade global aqui exposta. Nós podemos criar uma nova realidade. Requer apenas uma mudança de atitude, de pensamento e de escolha. Não existe tempo a perder. O momento de fazer esta escolha é... AGORA. Nós, e apenas nós, possuímos a chave que, com uma volta, uma mudança de percepção, pode transformar este mundo de uma prisão para um paraíso.

PARTE 1 - PARTE 2 - PARTE 3 - PARTE 4



terça-feira, 5 de maio de 2009

A Honra

Certa vez aprendi que a honra era a capacidade de reconhecer em si próprio o que deve e o que não deve ser feito, e cumprir com o que se lhe diz esta voz interior. Ou seja, honrado é o indivíduo que sente dentro de si o Destino, o Dever, o Dharma, como diriam os Hindus. Honrado é aquele que reconhece quem é e o que lhe diz respeito.
A Honra, deste modo, se associa à Identidade. Saber quem somos e atuar em conformidade com nossa natureza interior (não a exterior, aparente, toda variável e sujeita às circunstâncias pessoais). Ser fiel a si mesmo.
É um estado de consciência livre e forte. Não se aplica a qualquer homem ou mulher medíocres (na média...), mas às Damas e Cavalheiros, aos Heróis, aos Idelistas, aos Grandes em algum sentido, que sonham mais para a vida. Não dobrar-se às circunstâncias faz-me lembrar a Virtus que deve ter um líder, nas palavras de Maquiavel, para garantir boa Foturna para si e os seus.
Ora, se o dever justo de um Homem é promover a fraternidade, a cultura e a humanidade, nada mais certo que considerar a Honra e a Força como pilares desta expressão.
O comportamento que se espera de alguém honrado é de fidelidade para consigo e para com os seus princípios, pois estes não se negocia. As circunstâncias é que devem se modificar, não a essência do indivíduo honrado. Ele vai cumprir com seu Dever, custe o que custar para si. Como diria Kant, vai responder aos "mandatos da razão", ou seja, vai agir livre, por Vontade e Imperativo Categórico. Vai atuar. Vai garantir o processo!
O culto à Honra, à Verdade e à Força está esquecido dos jovens nos dias de hoje. Eu mesmo, como jovem que ainda sou, sinto falta de ver nos olhos de meus contemporâneos o brilho que uma vez vi nos meus próprios olhos e nos olhos daqueles que hoje considero meus Mestres. O culto à Honra poderia lançar a juventude novamente em direção às suas alturas, em direção aos seus sonhos. Por que não? Se o ser humano é divino em sua essência, não deve se contentar com as planícies. Somos mais das montanhas que das planícies...
Cultuar a Honra sempre foi atributo dos guerreiros, dos idelistas, dos líderes da humanidade. Mesmo nestes tempos difíceis, de extremo materialismo, angústia e problemas morais e físicos, num mundo que se dilacera a cada momento, podemos reivindicar um lugar para atuar de acordo ao espírito. Aliás, é isto o que estes tempos pedem: HOMENS E MULHERES HONRADOS!

Star Wars, os Toltecas e os princípios da espreita


Aos admiradores da Saga do Star Wars já devem ter se perguntado qual a diferença entre um Jedi e um Sith.


Quando vemos a conduta de um Sith podemos observar que procuram o poder para realizar seus próprios desígnios egoístas, conseguir o poder para si próprio. Não dão valor as formas de vida que consideram inferiores a eles e uma característica deles também é que com seu conhecimento da força produzem eletricidade literalmente queimando tudo que se opõe a eles.


Já os Jedis vivem em harmonia com a natureza, tem como principal característica a serenidade e o respeito por todos os seres. Ja pudemos ver que o mestre Yoda tem o conhecimento para produzir e controlar a eletricidade também, porém nunca usou para ataque. Sua senda caracteriza-se por tentar trazer o equilíbrio da força.

Os Toltecas tinham este respeito por todas as coisas pois eram conscientes do mistério que é o universo.

Eles tinham por exemplo três preceitos da espreita que eram os seguintes:

  1. Um guerreiro deve ter consciência que tudo no universo é de um mistério insondável.
  2. Um guerreiro deve tentar entender os mistérios insondáveis, mas sem ter esperança de conseguir, sabendo da impossibilidade de desvendar esse mistério.
  3. Um guerreiro ciente que o universo é um mistério insondável e sabendo de sua missão de desvendar este mistério considera todos os seres como um mistério insondável, seja uma pedra, uma formiga ou ele mesmo. Esta é a humildade do guerreiro, o respeito por todos os seres. Ele sabe que tudo é igual a tudo.

Munido destes três preceitos da arte da espreita ele vive de acordo ao regulamento dos seis princípios da espreita, que são os seguintes.

  1. Um guerreiro sempre escolhe seu terreno de batalha, não se arrisca desnecessáriamente.
  2. Um guerreiro descarta tudo que é desnecessário, ele não pode carregar coisas desnecessárias sob pena de perder-se por um detalhe.
  3. Um guerreiro está sempre pronto a tomar sua última resolução, pois sabe que toda batalha é uma batalha por sua vida, ele não se permite decidir de uma forma atabalhoada.
  4. Uma vez decidido entrar na batalha o guerreiro se solta, relaxa e perde todo o medo. Só quando está livre e solto os poderes que regem o mistério podem agir ao seu favor.
  5. Quando um guerreiro se depara com uma situação com que não consegue lidar ele se retrai por um momento e deixa sua mente concentrar-se em alguma outra coisa. Por um momento.
  6. Um guerreiro condensa o tempo, ele sabe que no auge da batalha um segundo pode significar uma eternidade e pode decidir quem será o vencedor. Um guerreiro aproveita todas as oportunidades.

Estes preceitos e princípios da espreita não devem ser encarados somente como cernes para ser usado em uma batalha no sentido literal, mas sim em todas as situações da vida.



Este é o modo do guerreiro, agir como se a próxima ação fosse sua última ação sobre a terra. Um guerreiro não se permite ficar inconsciente, ele sabe que a morte sempre está a um passo de distância ao seu lado e pode toca-lo a qualquer momento, por isso ele age como se essa fosse sua última batalha. Isto chama-se impecabilidade!

A!

Tags

Filosofia Esoterismo Carlos Castaneda Buda História Ocultismo Toltecas Artes Marciais Ciência Política Don Juan de Matus Religião Budismo Consciência Educação Física Quântica Inteligência Jedi Mestres de Sabedoria Mistério Star Wars Zen Budismo A erva do diabo Albert Einstein Artes Culpa Deus Emoções Energia Gregos Hinduísmo Intuição Jesus Liberdade Maya Medos Natureza Platão Psicologia Renascença Renascimento Sith Tempo Teorias de Conspiração Universo Vibrações Virtudes Vontade enfrentar os medos iChing medo Alcorão Amit Goswami Amizade Apolônio de Tiana Asceta Astrologia Baghavad Gita Bardo Thodol Bem Bom Budhi Bíblia Carlos Castaneda expansão da consciência Carma Cortesia Cosmos Criança Cristianismo Céu Darth Vader Desinformação Deuses Dhamaphada Discípulo Diálogo Ecologia Escola de mistérios Esparta Espreita Espírito Fadas Faraó Fogo Física da Alma Guerreiro HPB Helena Petrovna Blavatsky Hierofantes Humor Idealismo Inferno Krishna Linhas de Força Livros Logos Magia Maomé Matrix Mecânica Quântica Michel Echenique Isasa Mitos Moral Morte Música O fogo interior Orfeu Ovo de Luz Pacto Pirâmides Poluição Problemas Profecia Psicossomatica Reis Romanos Sabedoria Saltimbancos Samurai Saúde Sebos Sentimentos Ser magoado Skywalker Sol Sábios Sócrates Terra Tradição Triângulo Ventos Astrais Violência a voz do silêncio aceitação afrodite ansiedade apolo ares arthemis arthemisa atena athena coragem destino deuses gregos dionísio doutrina secreta espartanos feliz dia das mães ficar magoado ideais idéias krishnamurti lu andarilho lu conduta marte mágoas o poder do silêncio o presente da águia objetivos os 300 os 300 de esparta polaridade consciência portões de fogo provérbio raiva reencarnação silêncio stress teoria quântica termópilas