quarta-feira, 29 de abril de 2009

Não pense que pode, saiba que pode!

Não pense que pode, saiba que pode! Com estas palavras Morpheu tenta ensinar a Neo como superar as próprias limitações no filme Matrix.

Nas artes marciais é muito evidente isto, desde dar um pulo até coisas mais internas como dar golpes sem usar a musculatura. 

Don Juan de Matus quando ensinava a Carlos Castaneda enganava ele de mil formas e no final explicou o porque disso. A questão era que o mais difícil na trilha da sabedoria é justamente que nós acreditamos que o mundo é isto que vemos, tocamos, escutamos, sentimos o gosto e cheiramos.

Este índio Tolteca explicava que o mundo abrange muito mais do que o que captamos com os sentidos. Estas vibrações captadas pelos sentidos seriam apenas uma fração muito pequena de todas as emanações que existem no universo e que são tão reais quanto as que podemos apreender com os sentidos.

Felizmente hoje a ciência tem descobrido isto com a física quântica e outros estudos, no século passado não se aceitava nada disto.

Jesus também falava disso aos seus discípulos, ele falava sobre fé, quando se tinha fé poderia fazer qualquer coisa, note que ele diz qualquer coisa e não apenas coisas incríveis.

Eu mesmo tenho algumas experências assim praticando artes marciais, isso se ensina em artes marciais esotéricas porque hoje temos muitas artes marciais exotéricas que se pratica somente o aspecto tecnico e tático, ou seja, só o que apreendemos com os sentidos.

Realmente o mais difícil para o homem se tornar sábio é abrir mão de velhos conceitos para poder entender os novos.

Como se diz no Zen Budismo é preciso esvaziar a xícara.

A!

Tags

Filosofia Esoterismo Carlos Castaneda Buda História Ocultismo Toltecas Artes Marciais Ciência Política Don Juan de Matus Religião Budismo Consciência Educação Física Quântica Inteligência Jedi Mestres de Sabedoria Mistério Star Wars Zen Budismo A erva do diabo Albert Einstein Artes Culpa Deus Emoções Energia Gregos Hinduísmo Intuição Jesus Liberdade Maya Medos Natureza Platão Psicologia Renascença Renascimento Sith Tempo Teorias de Conspiração Universo Vibrações Virtudes Vontade enfrentar os medos iChing medo Alcorão Amit Goswami Amizade Apolônio de Tiana Asceta Astrologia Baghavad Gita Bardo Thodol Bem Bom Budhi Bíblia Carlos Castaneda expansão da consciência Carma Cortesia Cosmos Criança Cristianismo Céu Darth Vader Desinformação Deuses Dhamaphada Discípulo Diálogo Ecologia Escola de mistérios Esparta Espreita Espírito Fadas Faraó Fogo Física da Alma Guerreiro HPB Helena Petrovna Blavatsky Hierofantes Humor Idealismo Inferno Krishna Linhas de Força Livros Logos Magia Maomé Matrix Mecânica Quântica Michel Echenique Isasa Mitos Moral Morte Música O fogo interior Orfeu Ovo de Luz Pacto Pirâmides Poluição Problemas Profecia Psicossomatica Reis Romanos Sabedoria Saltimbancos Samurai Saúde Sebos Sentimentos Ser magoado Skywalker Sol Sábios Sócrates Terra Tradição Triângulo Ventos Astrais Violência a voz do silêncio aceitação afrodite ansiedade apolo ares arthemis arthemisa atena athena coragem destino deuses gregos dionísio doutrina secreta espartanos feliz dia das mães ficar magoado ideais idéias krishnamurti lu andarilho lu conduta marte mágoas o poder do silêncio o presente da águia objetivos os 300 os 300 de esparta polaridade consciência portões de fogo provérbio raiva reencarnação silêncio stress teoria quântica termópilas